LICITAÇÃO VAZIA PARA SÍSMICA EM LIBRA
3 de março de 2015
A Petrobras não recebeu nenhuma proposta na licitação para a contratação do serviço de aquisição de 1,5 mil km² de dados sísmicos 3D, na área de partilha, e mais outros cerca de 1,5 mil km² no campo de Búzios, ambos utilizando tecnologia de nodes. A abertura dos envelopes estava marcada para o dia 6 de fevereiro, mas para surpresa do consórcio de Libra, formado pela Petrobras, Shell, Total, CNPC e CNOOC, as empresas convidadas consideraram o projeto arriscado e pouco atrativo, optando por não apresentar oferta, mesmo em se tratando de uma das poucas licitações disponíveis no mercado neste momento.

No proposal for Libra’s seismic data To the of Libra’s Consortium surprise (Petrobras, Shell, Total, CNPC e CNOOC), no proposal was delivered to Petrobras in relation to a bid regarding the provision of data shooting services related to Buzios field (pre-salt area). Invited companies considered the project too risky and not attractive.