ALÍVIO EM TRIBUTO DE SETORES COMO PETRÓLEO E MÁQUINAS PODE ACABAR
25 de agosto de 2015
O governo vai rever regimes especiais de tributação criados nos últimos anos para estimular o crescimento da economia. A grande maioria desses programas incluiu a suspensão de cobrança do PIS/Cofins no comércio de máquinas e equipamentos voltados para o desenvolvimento de setores específicos, como petróleo, portos e software. Mas, com a queda da arrecadação, dizem os técnicos da equipe econômica, esses incentivos precisam ser ajustados, como ocorreu com o programa de desoneração da folha de pagamentos das empresas, para que possam ajudar a reforçar o caixa num momento difícil. Segundo integrantes do governo, muitos dos regimes especiais não trouxeram o retorno esperado em termos em emprego e crescimento.

The Federal Government is starting to review various special customs regimes created on the past in order to stimulate the development of the economy. The vast majority of such regime foresees the suspension of the collection of social contributions (PIS/Cofins) related to commercial transactions of machinery and equipment destined to be used in the development of various industries: oil, infrastructure and software. Nonetheless, economic experts are now recommending such regimes to be adjusted in order to raise the collection of taxes, and mainly because the economic payback expected have never been confirmed.